segunda-feira, 25 de julho de 2011

Cisne Negro

No palco da vida há um balé dramático... Dois belos cisnes giram...
Em dias sombrios... Cisne negro abre suas assas sobre mim
Em meu delírio, seu balé tem passos marcados
Na sinfonia de luz e sombra, sua dança é frenética
No espetáculo da vida, quero a dança perfeita
Passos leves, ao som de Clair de Lune
Nas brumas do lago,o misterioso cisne negro agita suas asas
Voa em busca da luz e se transmuta no mais belo e puro
Cisne  branco....Símbolo de minha alma imortal.

Ana Coeli




       











Um comentário:

  1. Esta dança mistica ao som de Debussy... excelente.

    Um abraço amiga
    oa.s

    ResponderExcluir